Confira Projeto do Setor Juventude para o Biênio 2010-2011

Confira Projeto do Setor Juventude para o Biênio 2010-2011

quinta-feira, 20 de maio de 2010

REGULAMENTO PARA O FESTIVAL DE MÚSICA

Já está valendo, galera! Avise seu grupo, reúna o pessoal e mãos à obra!

FESTIVAL DE MÚSICA – SETOR JUVENTUDE


                                                                DIOCESE DE MARÍLIA

TEMA: Juventude, Esperança e Fé!

LEMA: “Entre os jovens de vocês escolhi profetas!” (Am 2,11)

Referência: Prioridade Pastoral - JUVENTUDE.



Da organização

1- A organização do Festival de Música do Setor Juventude da Diocese de Marília está a cargo da equipe de assessores que é composta por organismos juvenis da Diocese. O tema será JUVENTUDE, ESPERANÇA E FÉ.

2- O festival seguirá a seguinte dinâmica:

a- Composto por uma única Etapa (Regional).

b- Cada paróquia poderá apresentar somente uma composição. Se houver mais de uma composição, a paróquia deverá realizar uma eliminatória para selecioná-la para a Etapa Regional (Final). Será obrigatório seguir o regulamento do festival nesta eliminatória, caso ocorra. Cada paróquia é responsável por realizar esta etapa do festival. A data limite para as eliminatórias paroquiais é de 11 de julho de 2010.

c- A Etapa Final (Regional) será realizada no dia 18 de Julho de 2010 em cada uma das cidades escolhidas nas respectivas regiões pastorais. Região I: Marília; Região II: Parapuã e Região III: Flórida Paulista.

3- Cada banda poderá ter no máximo 10 participantes e cada membro poderá participar de apenas uma banda.

4- A idade dos integrantes da banda deve seguir a orientação do documento 85 da CNBB – “Evangelização da Juventude”, ou seja, de 15 a 29 anos. A data como referência para a contagem da idade será a data limite para o envio da Ficha de Inscrição, ou seja, 11 de julho de 2010.

5- Pode haver participações individuais.

6- As composições deverão ser inéditas tanto na letra quanto na melodia.

7- Cada grupo terá no máximo 10 minutos de preparação no palco e mais 5 minutos para apresentar sua composição. Um cronometrista controlará o tempo de cada grupo. O grupo que extrapolar o tempo perderá 10% de sua pontuação final. O grupo será comunicado se extrapolou o tempo no final da apresentação.

8- O júri avaliará 3 (Três) quesitos no festival conforme critérios estabelecidos pela comissão de Assessores do Setor Juventude. As notas serão atribuídas em um intervalo de 1 a 5 podendo ser a menor fração de 0,5.

Os quesitos avaliados serão:

A- Conteúdo Teológico Pastoral:

i- Relacionar a composição com a vida em nossa sociedade e com a caminhada da Igreja;

ii- Atentar para a conjuntura social do país em relação à Juventude;

iii- Fazer uma ligação da composição com a realidade a partir da prática de Jesus Cristo;

iv- Ter fundamentos bíblicos como base para a reflexão;

v- Recolher a experiência religiosa da Juventude e expressá-la tendo em vista a sua realidade atual e seus desafios;

vi- Recomenda-se ainda relacionar os pontos acima com assuntos que atualmente envolvem a Juventude dentro da Igreja como o documento 85 da CNBB, o documento de Aparecida (V CELAM) etc.

B- Letra:

i- Exista uma linguagem poética, evitando palavras que banalizem a Língua Portuguesa (palavrões, preconceitos, redundâncias, etc);

ii- Apresente linguagem simples e de fácil entendimento;

iii- Utilize-se de alguma forma de rima para facilitar a execução e memorização do canto;

iv- Respeite as regras gramaticais da Língua Portuguesa.

C- Música:

i- Serão avaliados os quesitos melodia, ritmo e harmonia;

ii- Coerência entre letra e música no que tange à composição;

iii- Serão valorizados todos os mais diversos ritmos musicais, desde que estes sejam de fácil interpretação;

iv- Utilizar refrão para propiciar a participação da platéia;

v- Performance do conjunto;

vi- Arranjo e equilíbrio entre os instrumentos e o canto;

vii- Afinação.

9- Caso haja empate na avaliação do júri, o desempate será dado seguindo as notas de maior valor nos quesitos Conteúdo Teológico Pastoral, Letra e Música, nesta ordem.

10- O júri é soberano e tem o direito de interromper a apresentação das composições caso perceba que o grupo esteja sendo prejudicado por qualquer motivo ou que este não esteja cumprindo todos os itens deste Regulamento (Problemas com som, confusão/bagunça causada por torcidas adversárias, não se tratar de música ou melodia inédita, etc).

11- A decisão do júri é soberana e irrecorrível, não cabendo qualquer tipo de recurso contra o resultado do julgamento.

12- A ordem de apresentação dos grupos será decidida por sorteio na presença do coordenador/responsável do grupo.

13- Na Etapa Final (Regional) a premiação se dará do terceiro para o primeiro colocado.

14- A composição vencedora de cada região pastoral ganhará o direito de ser apresentada no DNJ (Dia Nacional da Juventude) em 25 de Outubro de 2010.

15- O grupo que não cumprir todos os itens deste Regulamento será desclassificado.

16- A simples inscrição no Festival de Música do Setor Juventude já pressupõe a aceitação e concordância com todos os termos do presente Regulamento, valendo como Contrato de Adesão.

17- Cada Banda participante poderá estar acompanhada de sua torcida, a qual deverá apenas ter uma atitude de motivar seu grupo, sendo proibidas ações negativas em relação aos demais participantes do Festival.

18- A organização reserva-se à Equipe de Assessores o direito de excluir do festival o participante que, sob qualquer pretexto, perturbar a ordem ou não cumprir as normas deste Regulamento.

19- As dúvidas e/ou questões não constantes neste Regulamento serão solucionadas pela Equipe de Assessores do Setor Juventude.







Da inscrição

20- As inscrições para o Festival devem ser realizadas mediante o preenchimento da Ficha de Inscrição, que deve ser enviada para o Email do Setor Juventude: setorjuventude@diocesedemarilia.org.br. A letra da música selecionada em cada paróquia deverá ser anexada junto à Ficha de Inscrição neste email.

21- A Ficha de Inscrição deverá ser entregue completamente preenchida juntamente com a cópia (digitalizada) do RG de cada membro da Banda.

22- A taxa de inscrição por grupo/banda será de R$ 10,00 Reais. Este valor deverá ser pago no momento da chegada, no início do festival e será inteiramente revertido para os custos do evento.

23- O período para inscrição será de 20 de maio até 11 de julho de 2010.

24- Todos os membros das bandas deverão ser relacionados na Ficha de Inscrição.

Da premiação

O primeiro colocado receberá um prêmio em dinheiro no valor de R$500,00 reais; o segundo: R$300,00 reais e o terceiro, R$200,00 reais.



INFORMAÇÕES GERAIS

Tel: (18) 9752 6280 – Alessandro

(14) 9776 6045 – Danilo

(14) 9707 1753 – Marcos

SITE: www.diocesedemarilia.org.br

BLOG: http://juventudemarilia.blogspot.com

E-MAIL: setorjuventude@diocesedemarilia.org.br



























FICHA DE INSCRIÇÃO

Festival de Música do Setor Juventude

Diocese de Marília



Nome do Grupo:

Nome da Música:

Paróquia:

Região Pastoral:

Número de Participantes: Tempo da Música

Contato do Coordenador/Responsável do Ministério/banda

Nome:

Endereço: Número:

Complemento: CEP:

Bairro: Cidade:

Tel. Resid: Tel. Cel:

E-mail:

Relacione abaixo o nome dos membros e seus respectivos instrumentos

Nome: Função na Banda Idade





















Confira os itens obrigatórios a serem entregues:

- Ficha de Inscrição completa

- Pagamento da taxa de R$10,00

- Cópia (digitalizada) do RG

- Autorização, concordância do padre responsável com nome e telefone de contato

 



24 comentários:

  1. organização e julgamento ridículos!!

    ResponderExcluir
  2. as juradas deixaram a desejar, falaram asneiras e prejudicaram bandas muito melhores do que as q ganharam!

    ResponderExcluir
  3. acho triste que um evento católico voltado para jovens e para atrair jovens, que são cada vez mais raros na nossa igreja possa ter sido de tão baixa qualidade e feito com tamanha injustiça! é uma pena!

    ResponderExcluir
  4. Comentário desnecessário... todas as bandas se apresentaram maravilhosamente bem... a partir daí é que conseguimos enxergar o que Deus realmente faz na vida de um jovem que acredita e confia... Deus nos dá dons... e aceitar as criticas tbm é um deles... por isso nunca devemos achar que somos melhores ou piores que alguém...mais importante que ganhar é competir, e mais importante do que ser organizado é lutar pra que um dia vc seja... só assim conseguimos crescer, e não criticando pessoas... se quer que algo seja bem feito, faça você mesmo!!!
    Parabéns Setor Juventude!!!

    ResponderExcluir
  5. Deus tem seus caminhos sim, mas acredito que ser injusto não é um deles..todas as bandas eram talentosas e acredito que todas estavam lá de coração e para servir à Ele, mas acredito que mais importante que competir ou ganhar é ser avaliado de forma justa! Uma banda ser desclassificada por plágio, e a outra que também plagiou não, é uma senhora injustiça! concordo, que faça eu mesmo, mas já que assumiu, então faça bem feito ou então nem faça!

    ResponderExcluir
  6. Perder justamente é aceitável e saudável, perder pos injustiça é lamentável!

    ResponderExcluir
  7. Thiago Vilela - Ministerio de Musica Adoradores do Senhor - Osvaldo Cruz19 de julho de 2010 20:49

    Olha Sinceramente Pra mim... Lamentavel... Injusto eh comentarem... e nao se identificarem... falta de coragem de comentar e muita coragem pra julgar. e outra num eh pq eh evento catolico que nao tem q ser exigido a perfeição, Temos que fazer o melhor em tudo, e o Regulamento estava bem claro, pra todos, agora se não cumpriram com as regras, Paciencia nao é...
    Essa eh a Minha Opinião.

    A Paz a Todos.
    Thiago Vilela - Osvaldo Cruz
    Ministério de Musica Adoradores do Senhor - RCC

    ResponderExcluir
  8. E é exatamente essa a crítica, por exigir a perfeição, e que o regulamento fosse cumprido..se plágio não era válido, as duas bandas que plagiaram deveriam ter sido desclassificadas, e não apenas uma! fora que é totalmente anti ético as juradas serem de uma cidade que está participando da competição!

    ResponderExcluir
  9. perdi a vontade de incentivar meus catequisandos a ir a um evento desse...o que posso dizer,,,todas as bandas se apresentaram com garra e talento sim, cada uma com a sua singularidade e o seu dom, todas maravilhosas...queria expressar meus parabens a dupla que tocou que teve a coragem e a sabedoria de apresentar a musica tao humildemente, parabenizar as bandas que trouxeram de um jeito jovem a musica católica, agora fica minha critica em relação a alguns pontos para que melhore osproximos...
    Primeiro: as juradas julgaram de modo arcaico as mudicas...me contem qual musica do rosa de saron que é feita em rima...vou dar eum exemplo.. na musica o senhor é rei, o senhor é meu pastor e rei, onde esta a rima? a musica permite ummodo maravilhoso de expressar os dons e o que Deus quer nos falar pela licensa poética e isso foi absolutamente condenável pelo nosso "juri", pois a forma jovem de expressar foi absolutamente condenável. Outro ponto as simpaticas senhoras que julgaram nao costumam ouvir musicas jovens, entao como elas poderiam julgar com adequacao e clareza uma music a feita para jovens? outra coisa de uma maneira ética, quando nao se arrumam juris neutros, mas só conseguem da cidade a cidade sede nao poderiam participar..vcs ja viram algum juiz brasileiro apitar um jogo do Brasil?
    outro ponto..o juri erra..nao pode clocar uma regra que fala qu o juri é incorrigivel sendo que ele pode errar sim....e por fim..acho que esqueceram de avaliar alguns pontos que estavamno regulamento como ritmo, melodia e AFINAÇÃO...nao precisa enetender muito de musica para ver as duas grandes e percebiveis desafinadas que a cantora de parapua cometeu? outra coisa que fica minha indignação..estavamos em um concurso que tem como prioridade a juventude...temos que incentivar os jovens a frequentarem nossa amada igreja...e muitos ali só sairam desmotivados e sem confiança no potencial que eles tem!!! diant de tudo isso fica minha indignação em relaçãoao concursoe pra terminar deixo duas perguntas: temos que afastar ou trazer os jovens para a igreja?pqo mundo e as igrejas evangelicas estao doidas atras de nossos jovens.. E que jovem que coloca no mp3, celular, som do carro uma musica tao paradinha qto a cantada pelo coralde parapua?
    Obrigada!!

    ResponderExcluir
  10. apoio 100% o comentário acima!

    ResponderExcluir
  11. Tudo o que as juradas disseram antes de anunciarem os ganhadores estava no regulamento. A questão da rima, do refrão fácil, na minha opinião são arcaicos. Criar uma música ou uma poesia rimando as palavras como 'amor e dor' 'perdão e solidão' está fora do nosso tempo! é a volta do parnasianismo em tempos pós-modernos! Manuel Bandeira no século passado já se encarregou de criticar esse 'lirismo comedido, bem comportado, todas as construções sobretudo as sintaxes de excepção, todos os ritmos sobretudo os inumeráveis' abaixo o 'lirismo que não é libertação'... e quem sou eu para discordar em algum ponto dele? chega de procurar tantas regras e rimas e palavras para expressar o nada. Jesus é simples e ver uma canção brotar no coração de um jovem que fala sobre Ele é comovente. Isso sim é EMOCIONANTE! Muito me admirou uma das senhoras juradas falar ao terminar a apresentação de Osvaldo Cruz que era 'mais um rock'. Poxa vida, o que os jovens escutam hoje se não o rock? Rosa de Saron, Iahweh, The Flanders, Beatrix, Canal da Graça, Esxpresso HG, são ótimas bandas católicas e quando nao tocam um pop, tocam ROCK! Deixando de lado a juventude católica, o que mais a juventude em geral escuta hoje se não os tão falados R&B, pop, RAP e ROCK? Pelo amor de Deus, se era um concurso de música jovem, teria que ser julgado no mínimo por jovens que sabem do que outros jovens gostam. Estou rezando pra ter entendido muito bem as palavras do Danilo ao dizer que a banda vencedora cantará na assembleia DIOCESANA REGIONAL (??? existe isso?) mas se for somente regional, eu vou agradecer em ficar com essa 'mentira' somente na nossa região II, porque ao meu ver, aquela canção não representa menhum pouco a juventude de hoje. Osvaldo Cruz, Tupã, Herculândia e Lucélia apresentaram canções jovens. Apesar do plágio e de todos os argumentos contra algumas bandas, todas as quatro me encantaram. Tinham musicalidade, mensagem, afinação e som jovem. Aquilo sim, eu colocaria com o maior prazer no meu MP3, aprtesentaria aos meus catequisandos e rezaria para um dia, se Deus assim permitisse e se a banda quisesse, almejasse, uma das quatro viesse a tocar em um Hallel. Mas acho que as juradas também nunca ouviram falar disso, ne?
    Fica aqui minha indignação perante o setor juventude da região II. Realmente esse festival deixou a desejar.
    Deus abençoe todos vocês.

    ResponderExcluir
  12. É uma pena! Fico muuuuito triste em ver o que aconteceu em um festival de música JOVEM da NOSSA região!
    Estão esquecendo que quando se trata de JOVENS e ADOLESCENTES algumas coisas mudam.. É preciso cativá-los. É preciso dar valor a eles, siim, é claro, é necessário entender que é muito bom competir quando se pensa só em ganhar, mas é bem acolhedor quando percebemos que mesmo perdendo, aquilo que fizemos com esforço, dedicação, oração, tem valor.
    Será que não dava pra disfarçar a marmelada?
    Três juris, as TRÊS de PARAPUÃ (cidade sede) e PARAPUÃ VEEENCE! É CLARO! E Parapuã se encaixa em TODOS os critérios..
    Mais uma vez.. FALAM FALAM e fazem diferente, e diminuem os sonhos, os planos pra juventude..
    Cuidado! Não chorem ou perguntem aonde erraram quando aquele jovem que era BEM visto, que participava de TODAS as reuniões e encontros simplismente desaparecer..
    Deem valor ao que nós temos, principalmente a NOSSA JUVENTUDE ATIVA, aí sim, poderemos cultivar novos jovens..

    ResponderExcluir
  13. Nossa. tem gente escrevendo de um jeito que chega a parecer que a equipe organizadora estava prevendo os erros e fez de propósito... Eu hein?!?!

    Gente o que é isso??? Onde fica a caridade? Alguém que está aí criticando acompanhou o processo, o desenvolvimento do evento? Sabe quais foram as condições, os prazos, os recursos, etc?!?!?!

    "Quem não tiver pecados que atire a primeira pedra!"

    ResponderExcluir
  14. Nossa me desculpa a pessoa que fez esse ultimo comentario...mas acho que nós que estamos dentro da igreja somos vidracas e temos que tentar fazer o melhor...agora oq estamos fazendo é criticando e apontando soluções para o proximo sair de maneira mais justa..se tudo oq acontece dentro de uma igreja todos ficarem calados e deixar passar pqé dentro da igreja a fé fica morta!!

    ResponderExcluir
  15. Gabi - Paroqui São Judas Tadeu de Tupã26 de julho de 2010 13:19

    Faço minhas as indignações acima mencionadas...
    Pois era um festival pra Jovens, certo?
    E nada mais justo do que tocar musicas que os jovens gostam de ouvir. E não é apenas “só mais um Rock” como uma das júris comentou...
    MAS REALMENTE VIM AQUI PARA LEMBRAR!
    Houve erros HUMANOS sim, mas os DIVINOS foram a meu ver, mais marcantes!
    Olha quão lindo foi à missa, jovens recebendo Jesus, quer um premio melhor que esse?? Não, pois pode ser o premio que for, por ser um festival católico, Cristo pra mim, foi o melhor premio, onde todos saíram vitoriosos.
    Sem contar a Adoração ao Santíssimo, que foi linda...
    E também as bandas e que se apresentaram, foram musicas lindas, que por mais que não tinham conteúdo teológico (que francamente acho isso desnecessário), todas tinham uma linda mensagem, pois não preciso ser especialista em teologia, ou ser padre, seminarista, catequista ou algo do tipo para falar de Jesus, e testemunhar. E foram lindas as apresentações.
    A coragem do Vesu e do Carol para tocarem sozinhos enquanto, todos tinham apresentado bandas. Eles mostraram a humildade e simplicidade de Jesus.
    Eu confesso que sai do festival desanimada, mas pensando bem, quero ir sim nos próximos, pois sou jovem e esse festival foi feito para jovens. E se nós que “estamos” na Igreja não apoiamos e incentivamos o que a Igreja faz, quem mais o fará?
    E parabéns a todos que se dispuseram a sair de suas casas em pleno domingo, para que este festival tenha ocorrido. Que Deus os abençoe! E de forças para continuarem!

    “ Não poderás falar o nome de Deus, sem estar repleto do Espírito Santo”

    ResponderExcluir
  16. Acho o seguinte, primeiramente, as juradas deveriam ser imparciais quanto ao estilo de música, sendo Rock, ou qualquer outra, coisa que não foram, muito óbvio isso, pois a única que nao era rock, foi a vencedora e por imensa coincidência de Parapuã (emocionante). Tem outro detalhe já mencionado no comentário acima, foi bem injusto desclassificar Herculândia pelo plágio de melodia, e nao desclassificar Lucélia(deixando aqui meus parabéns para ambas as bandas, que tocaram muito bem), outro detalhe, errar é humano sim, quem nunca errou, que atire a priemira pedra, totalmente correto esse comentário, e se errar é tão humano, porque então exigir tanta perfeição nas músicas como foi exigida, devemos ser jovens que evangeliza jovens, devemos ser cativantes, e nao desmotivadores.
    Concordando com a Gabi, se tiver oportunidade, gostaria de ir no próximo festival de bandas, caso alguém tope tocar, pois um festival católico deve ter união, e espero que seja com melhor organização do que o tão polêmico comentado.
    Só para finalizar, deveria ter jurados de outras regiões da diocese, para haver total imparcialidade, e jurados jovens, adultos e quem sabe idosos, todos são muito bem vindos!
    Perder não é problema, o problema é perder de forma inujusta, e desmotivada.

    ResponderExcluir
  17. Ahh quando eu festival

    Quero ver quem vai me fazer acordar cedo em um domingão pra ver outra palhaçada igual essa =D

    ResponderExcluir
  18. Ahhh outra coisa!!!

    Paroquia São Judas de Tupã

    Tem os jovens mais lindosss do mundo

    *_*

    Senhor eu creio, mais aumentai a minha fé.

    ResponderExcluir
  19. pexe A mor vai acordar vc sim
    uahuahuahuahuahuahuahauhauhauhauha
    e concordo com vc os jovens da são judas são os mais lindo auhauhauhahha (brincadera pessoal, não fiquem bravos vocês também são lindos auhauhauh)..

    ResponderExcluir
  20. Me assusta ver que todos (ou assim parece) os comentários acima são advindos da Região 2. Ao que tudo indica, apenas tal região teve problemas sérios na realização do evento.

    Se queremos mostrar uma Igreja comprometida com a Verdade e Justiça, é mister que essas críticas não passem em branco e não sejam esquecidas pelo capricho de alguns que monopolizam as decisões e reuniões que deveriam ser feitas coletivamente.

    Que na próxima reunião do Setor Juventude da Região Pastoral 2 tudo isto seja BEM refletido e muito bem encabeçado para que da próxima vez a falta de seriedade não seja tão grande.

    Aliás, como nós, continuadores da propagação da Boa Nova e membros do Corpo de Cristo, vendo que hoje na pós-modernidada a Igreja sofre com a falta de compromisso e seriedade, servimos de mau exemplo para a nova geração de jovens que tanto anseiam pela Verdade? Ora, não podemos nos acomodar com nossos erros cometidos, pois por muito pouca coisa podemos perder uma alma para o Céu. Nossos erros não podem ser tratados como pequenos: tudo o que foi exposto pelos comentários revelam a amplitude disso.

    Sei (ou assim espero) que a intenção não foi propositalmente cometer estas falhas, e peço que acolham com caridade este comentário e todas as críticas dos outros comentários, pois temo pelo futuro da Igreja, dos nossos jovens. Não passemos a imagem do descomprometimento e falta de seriedade para estes jovens que já vivem em um mundo dominado por estes contra-valores. Que na Igreja eles possam ver a união, fraternidade e oração das primeiras comunidades cristãs. Não deixemos que estes contra-valores contaminem a Esposa de Cristo que é a Igreja. Mostremos que somos diferentes e evangelizemos pelas nossas atitudes. Façamos como o velho adágio já diz: "A palavra convence, o testemunho arrasta".

    Que nós possamos rever nossos erros, e termos maior seriedade e comprometimento com as coisas pequenas, pois: "Aquele que é fiel nas coisas pequenas, será também fiel nas coisas grandes.
    E quem e injusto nas coisas pequenas, sê-li-á também nas grandes" (Lc 16, 10). Esta mensagem é para todos nós. Não descuidemos de nos auto-avaliarmos nunca, não desprezemos a Palavra, a Verdade e a Justiça. Todos nós.

    Paz e Bem.

    ResponderExcluir
  21. Apoiado meu irmão... \O/
    aiuauhauhauhauhaah
    concordo pelnamemte com vc....

    ResponderExcluir
  22. O Setor Juventude agradece as críticas e informa que levará todas elas para nossa reunião de avaliação. Do mesmo modo, mais uma vez se desculpa pelos erros cometidos e espera em Deus, orando pelos que, de alguma forma, possam ter se sentido prejudicados, injustiçados, etc.

    Obrigado e parabéns pela participação de todos!

    ResponderExcluir
  23. "...Os quesitos avaliados serão:

    A- Conteúdo Teológico Pastoral..."

    "...15- O grupo que não cumprir todos os itens deste Regulamento será desclassificado..."

    Portanto:
    Deveria ser cancelado o concurso, pelo fato de nenhuma banda apresentar o conteúdo teológico pastoral!

    ResponderExcluir